terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Missões e Cultura

  
 Escrito por Fernando Corrêa Pinto


O preparo do coração tem uma importância muito maior do que o preparo do sermão (John Stott)

Hoje se fala muito de missões transculturais, ou seja, sair de sua cultura ou país e ir para outra nação para pregar o evangelho. Apesar dos meios de comunicação como internet, televisão e radio ajudarem no trabalho de transmissão do evangelho para muitas nações, sabemos que existem muitos lugares que não possuem tais recursos.

O cuidado integral do missionário

Escrito por Fernando Corrêa Pinto
 

No caminho cristão, o que é importante não é a velocidade com que estamos indo, nem a distância percorrida, mas sim a direção que tomamos.

(A. W. Tozer)

É fundamental saber que aqueles que trabalham e sofrem por servir a Cristo e proclamar seu evangelho de forma nenhuma estarão desamparados, o Senhor Jesus prometeu que sempre estaria junto conosco em todos os momentos (Mateus 28. 18-20). Ele também prometeu que não nos provaria além de nossas forças, desta forma, nenhum destes empecilhos que aqui vou mencionar deve ser fator desmotivador para o avanço missionário nas nações.

Missões Urbanas


Escrito por Fernando Corrêa Pinto                                                                                                                                         Quando praticamos missões urbanas estamos buscando realizar um trabalho desafiador. Tal missão acontece nas cidades e é necessário estratégias bem definidas para a conquiste espiritual das cidades.
É difícil definir com clareza como se caracteriza uma cidade, pois podem se diferir de pais para pais. Entretanto podemos dizer que é uma concentração de pessoas vivendo bem próximas umas das outras, interagindo entre si e debaixo de uma forma de governo.
A missão é para todos, ricos, pobres, civis, militares, jovens e velhos. O serviço de evangelização não é optativo ao cristão. Esse trabalho é feito através de comunicação da boa nova de Jesus através de pregação, entrega de literatura e Bíblias. No novo testamento em momento algum essa tarefa foi questionada.
 Diante do desafio urbano do homem moderno é importantíssimo compreender a práxis missiológica urbana.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Vocação e chamado

Escrito por Fernando Corrêa Pinto
A vocação missionária e o chamado para pastorear são serviços especiais dados por Deus para a expansão do Seu Reino e para a salvação do mundo. Para que haja salvação é necessário que pessoas sejam enviadas (Romanos 10.14-15). É uma grande responsabilidade pregar o evangelho a outros povos e culturas. É um desafio grandioso a tarefa de plantar igrejas e pastorea-las. Portando, para que essa tarefa seja realizada o missionário ou pastor deve ter clareza de seu chamado e motivação para realizá-lo.